3 dicas para um primeiro encontro de sucesso!

Last Update : dezembro 20, 2018

3 dicas para un primeiro encontro

Conhecer um ou outro solteiro é, nos dias de hoje, sempre uma situação de intenso stress! Manter uma longa conversa com alguém quase desconhecido não é uma atividade que tenhamos muitas oportunidades de praticar no nosso quotidiano. É por isso que, na grande maioria dos casos, as duas partes de um encontro são estreantes.
Felizmente, a sedução é um campo como os outros: ele pode ser aprendido e praticado! Caso esteja a ler este artigo, é porque provavelmente se encontra à procura de algum tipo de conhecimento teórico que possa facilitar o seu próximo encontro.

Veio ter ao lugar certo! Aqui ficam as nossas 3 dicas, que o ajudarão a ter sucesso no seu primeiro encontro!

Regra número 1: Não existe uma receita milagrosa!

Esta primeira dica provavelmente não vai ser do seu agrado caso esteja à procura de uma “receita milagrosa” para fazer com que os seus encontros sejam bem sucedidos… mas esta é a realidade.
Num encontro, o importante é que mostre o melhor de si. O problema é que essa versão do melhor de si não é minha ou a de qualquer outra pessoa. Se as nossas dicas a seguir lhe derem algumas ideias chave para facilitar o seu primeiro encontro, nunca se esqueça de que não deve se esconder atrás da solução fácil.

Não invente uma personalidade ideal ou paixões que lhe pareçam mais nobres do que as suas… seja honesto para com o seu parceiro e para consigo mesmo. Não é perfeito e a pessoa à sua frente também não o é! Portanto, mantenha-se natural em todas as circunstâncias.

FORM, os 4 tópicos de conversação de emergência

Um dos maiores medos dos solteiros quando vão a um encontro é o silêncio. Todos nós já experimentámos esses momentos problemáticos, nos quais o silêncio se instala por dez ou mais segundos… ficamos desconfortáveis, à procura, em desespero, de uma forma de retomar a conversa e ficamos com a impressão de que estamos a perder o encontro.
Primeiro que tudo: não entre em pânico! É perfeitamente normal que os momentos de silêncio venham a acontecer. Se durarem por 5 minutos, existe um problema, mas alguns segundos de silêncio aqui e ali não deverão ser perturbadores.

No caso de sentir a necessidade de reiniciar a conversa e se, no momento, nenhum assunto lhe vir à mente, pode sempre recorrer aos 4 tópicos da conversa de emergência: FORM!

F de Família

A temática da família será sempre universal: com poucas e raras exceções, é muito provável que o seu parceiro tenha uma vida familiar. Pais, irmãos e / ou irmãs ou até amigos, apesar do facto de que estes se afastam da estrutura direta da família.

É muito simples trazer este assunto, contando uma pequena história sobre a sua família ou simplesmente fazendo uma pergunta:

  • Tu moras com teus pais? (se o seu parceiro tiver vinte e poucos anos)
  • Tu tens irmãos e irmãs?
  • Tu és daqui ou já te mudaste?

O para Trabalho (Occupation em inglês)

O trabalho apresenta-se como um passo essencial na vida. Quer gostemos da ideia, quer não, quer tenhamos um emprego ou não … todos temos coisas a dizer sobre o trabalho. Se o tradicional «o que fazes da vida?» surge sempre uma uma opção, não hesite em ser um pouco mais original:

  • Gostas do teu trabalho?
  • Qual era o emprego dos teus sonhos quando eras mais pequeno?

R para Lazer (Recreation em inglês)

Na minha opinião, o melhor assunto para aliviar o momento de silêncio é o lazer! Quando perguntamos a uma pessoa o que ela gosta de fazer, temos certeza de que não estaremos a abordar um assunto complicado e de que traremos uma conversa baseada num sentimento positivo.

Além disso, as conversas sobre as paixões costumam ser as mais interessantes! Existe sempre a hipótese de que não saiba muito sobre as paixões do seu interlocutor. Neste caso, estará a aprender coisas novas e muitas questões relevantes irão, de uma forma natural, surgir na sua mente.

M para Motivação

O último tópico de conversa de emergência para um primeiro encontro: as motivações!

Este é o tipo de conversa um pouco mais abstrata e que pode facilmente levar a um debate (obviamente, respeitando a opinião do seu parceiro, o objetivo não é necessariamente estar certo). Aqui pode, portanto, questionar a relação com a felicidade, o trabalho ou as ambições do seu parceiro.

Senhores, tomem a iniciativa!

O terceiro e último conselho que trazemos, especialmente para os homens: não tenha medo de levar as coisas na sua mão (na medida do razoável). Um estudo sobre o tema da sedução mostrou que a maioria das mulheres gosta de homens que liderem a conversa.

Na maioria dos casos, a sua interlocutora preferirá, por isso, que seja você a fazer as perguntas, que relance o debate … que esteja interessado nela, em suma.

Tenha cuidado para não o fazer em excesso! Se uma mulher gosta de responder às suas perguntas, tal não significa que ela queira ter uma entrevista de emprego! Intercale também sobre o que seu interlocutor diz e deixe que ele fale consigo também, quando tal lhe parecer apropriado.

Agora está preparado para ter sucesso no seu primeiro encontro!

Está à procura de amor? Descubra o nosso ranking de sites de namoro em Brasil!